WasteFuel e Maersk anunciam acordo histórico para acelerar a descarbonização do setor de remessas marítimas

  • A Maersk e a WasteFuel anunciaram hoje um acordo revolucionário focado no uso de metanol verde em escala.
  • A Maersk pretende comprar mais de 30 mil toneladas por ano de WasteFuel para abastecer seus navios a partir de 2024.
  • O pedido apoiará o abastecimento de 12 novos navios da Maersk movidos a metanol verde – cada um com capacidade para 16 mil contêineres.

COPENHAGUE e LOS ANGELES–(BUSINESS WIRE)–A WasteFuel e a Maersk anunciaram hoje uma parceria de biometanol em escala comercial, destinada a ajudar a acelerar a descarbonização do setor de remessas marítimas.

A Maersk pretende comprar 30 mil toneladas por ano do biometanol WasteFuel, um pedido para ajudar a atender a demanda dos seus 12 novos navios movidos a metanol verde, planejados para entrar em operação até 2024.

Inicialmente este metanol verde será fabricado a partir da conversão de resíduos urbanos na América do Sul até 2024, mas os dois parceiros esperam expandir ainda mais os projetos e a produção de metanol verde.

Esse anúncio se baseia no investimento da Maersk Growth na WasteFuel no ano passado, de acordo com seu plano de descarbonização, como parte da estratégia da Maersk para alcançar zero líquido até 2040.

A parceria tem implicações significativas para algumas das maiores empresas de produtos de consumo do mundo, com o combustível verde destinado a reduzir a pegada de emissões dos produtos comprados e transportados globalmente.

Falando de Copenhague, na Dinamarca, Henriette Hallberg Thygesen, diretora executiva de frota e marcas estratégicas da A.P. Moller – Maersk, afirmou: “Para impulsionar o aumento maciço dos combustíveis verdes precisamos fazer a transição para a descarbonização, e a produção deve aumentar com o tempo. O metanol verde é o único combustível sustentável pronto para o mercado disponível atualmente para transporte e a produção deve ser acelerada através da colaboração em todo o ecossistema e em todo o mundo. É por isso que essas parcerias são um importante marco para iniciar a transição para a energia verde”.

Falando da sede da WasteFuel em Los Angeles, Califórnia, Trevor Neilson, cofundador, presidente e diretor executivo, disse: “No ano passado, muitas das maiores empresas do mundo, incluindo a Amazon, Ikea, Apple, Nestlé e Patagonia se comprometeram a alcançar emissões zero líquidas até 2050. Os navios transportam quase 90% dos produtos comercializados globalmente em volume e produzem quase 1,1 bilhão de toneladas de emissões de dióxido de carbono, concorrendo com a produção anual da Alemanha, o sexto maior emissor do mundo. Sem soluções de combustível verde, será impossível cumprir os compromissos corporativos de zero líquido”.

Em comparação com combustíveis convencionais, o WasteFuel visa que seus combustíveis marítimos reduzam as emissões de CO2 em 95%, reduzam as emissões de óxido de nitrogênio em até 80% e eliminem as emissões de óxido de enxofre e material particulado.

A Maersk Growth, o braço de capital de risco corporativo da A.P. Moller – Maersk, anunciou seu investimento na WasteFuel em setembro de 2021. Com o investimento, Morten Bo Christiansen, vice-presidente e diretor de descarbonização da A.P. Moller – Maersk juntou-se a Trevor Neilson, Guillaume Lucci, Par Lindstrom, Bradley Ferrell, e Guy Oseary no conselho administrativo da WasteFuel.

A WasteFuel, utilizando tecnologias comprovadas para converter resíduos – que terminariam sendo decompostos, liberando gases de efeito estufa – em combustíveis de baixo carbono, está impulsionando soluções para descarbonizar o transporte aéreo, terrestre e marítimo. Além do projeto do metanol verde com a Maersk, a empresa possui diversos projetos de biorrefinaria em andamento incluindo um projeto nas Filipinas para produzir combustível de aviação sustentável e biometanol em parceria com a Prime Infra e a NetJets, além de projetos nas Américas e Ásia para produzir gás natural renovável e metanol verde.

Sobre a WasteFuel

A WasteFuel utiliza tecnologia comprovada para tratar da emergência climática e revolucionar a mobilidade. Convertemos resíduos urbanos (lixo) e resíduos agrícolas em combustível de baixo carbono, gás natural renovável e metanol verde.

Os investidores da WasteFuel incluem a Maersk, Marc Benioff’s TIME Ventures, i(x) Net Zero, NetJets, Prime Infra, Guy Oseary, e a Aileen Getty.

Saiba mais em www.wastefuel.com.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

Abby Pick

[email protected]

error: Content is protected !!